Conteúdo de Qualidade de Publicidade, Propaganda e Marketing :)

TikTok é mesmo seguro?

TikTok é mesmo seguro?

O app da empresa chinesa ByteDance é uma rede de grande apelo para o público adolescente e infantil. Esse é um grupo não tão atento à questão de segurança de dados. Afinal de contas, seu uso é seguro?

Em setembro de 2019, o aplicativo bateu uma marca inesperada: chegou a 1,5 bilhões de downloads, se tornando o terceiro mais baixado do mundo de acordo com relatório da plataforma de tecnologia SensorTower Analytics do final de 2019.

Quer saber mais sobre o alcance e a popularidade do app, e entender o que causa tantas preocupações para governos e especialistas? Vamos falar um pouco sobre esta rede social agora. Boa leitura!

A Geração Z, nascidos entre 1996 e 2005, constitui o primeiro agrupamento de indivíduos que na era digital, o que significa que não conheceram o mundo sem internet. Como característica desta geração, os “Zs” pensam menos nessa questão do vazamento de informações. Assim, ainda que existam muitas notícias relacionadas à falta de transparência em relação a como são tratadas as informações dos usuários do TikTok, seu número de registrados não para de crescer.

Tanto que o app já pagou uma multa milionária, o equivalente 24 milhões de reais por expor crianças que são suas usuárias.

Após ter seu uso proibido pelo Exército norte-americano, que não quer seus integrantes rastreados por deixarem informações na plataforma, começam a surgir questões sobre o que realmente está por trás de seu funcionamento.

Acreditamos que por ser uma rede chinesa talvez esteja facilitando essa situação da dúvida sobre o uso dos dados, como a falta de transparência do que acontece com eles dentro da plataforma. Porém, lembramos que mesmo o Facebook não está isento de uso inadequado de informações ou da presença de fake news.

Portanto, não é o fato da empresa ser ou não da China que a torna menos segura à presença nessa rede social! Jeongwen Chiang, professor de marketing da Escola de Negócios Internacionais China-Europa (CEIBS), não tem dúvidas: “A China é, de longe, o país mais avançado em questões digitais.”

O Brasil corresponde a 9,4% das instalações. Com uma mistura de música e vídeo, o app é considerado um dos favoritos da quarentena no país.

“O TikTok tem práticas rígidas de proteção do usuário contra conteúdos falsos, enganosos ou fraudulentos. Nós marcamos e removemos contas de spam antes que elas cheguem aos feeds dos usuários e continuamente aprimoramos nossas proteções, até mesmo quando atores maliciosos trabalham para escapar de nossas proteções”, disse uma porta-voz da empresa. Mas nada se fala sobre a segurança dos dados.

É claro que com o reconhecimento tão grande que o TikTok tem tido atualmente, é natural que os órgãos reguladores olhem com mais cuidado para isso e exijam respostas. Mas ainda não é possível saber como isso irá se estender.

A percepção de que não há intenção de ser transparente e de esclarecer questões é existente. A partir de uma maior pressão global, com órgãos internacionais envolvidos, pode ser que isso mude. Na tela de 1,5 bilhão de telefones, enquanto isso, os vídeos curtos continuam sendo reproduzidos!

Curtiu o artigo? Comenta aqui!

Naila Galera
Naila Galera

Equipe de Conteúdo

Graduanda no curso de Bacharel em Marketing é responsável pela área de criação de conteúdo, desenvolve campanhas de inbound e marketing digital juntamente com a equipe da agência desenvolvendo textos de Redes Sociais, Blogs e Sites para grandes clientes.