Conteúdo de Qualidade de Publicidade, Propaganda e Marketing :)

Profissões e mercados em alta na quarentena – Quem mais tem se destacado?

Profissões e mercados em alta na quarentena – Quem mais tem se destacado?

Enquanto alguns setores podem sair mais prejudicados, outros mostraram um crescimento e aumentaram a procura por novos profissionais.

O Glassdoor, site de recrutamento que compila oportunidades de emprego, fez um levantamento destas áreas e selecionamos algumas profissões e mercados que têm se destacado em tempos de quarentena para dividir com você. Acompanhe conosco!

Cuidador de Idosos 

No mundo inteiro, as populações estão envelhecendo. Esteé o profissional capacitado a zelar pelo bem estar físico e psicológico de pessoas com idade avançada. 

Sabe-se que quem tem mais de 60 anos de idade está no grupo de risco, assim, encontrar profissionais capazes de zelar por eles com profissionalismo, está cada vez mais escasso. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) o número de idosos representa 14,03% da população brasileira, o equivalente a 29,3 milhões de pessoas. É fato, como a demanda está aumentando, o salário tende a aumentar tornando a carreira promissora!

Atendimento ao cliente

A área tem inúmeras responsabilidades, como executar atividades específicas de apoio ao contato com clientes e atividades relacionadas a pedidos, resolução de problemas, dar assistência no esclarecimento de dúvidas dos clientes, entre outras.

Atualmente, cresceu a preocupação em elaborar relatórios baseados nas necessidades do cliente, em projetos humanizados e muito mais.

Farmácia

Independente da pandemia, o Brasil é o país que tem o maior número de farmácias do mundo. Esse dado é de um estudo chamado – Um Panorama do Varejo de Farmácias e Drogarias no Brasil, realizado pelo economista Wiliam Saab, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Além de máscaras e álcool em gel, produtos para fortalecer o sistema imunológico como vitamina C, multivitaminas e produtos naturais como própolis, tiveram alta procura no setor. Eles ficaram esgotados em alguns pontos de venda e tiveram aumento de preço.

Logística e E-commerce 

Neste momento de crise, a eficiência logística é um atributo que determina quem ganha e quem perde espaço no mercado. Com isso, as empresas estão apostando no e-commerce para alavancar as vendas.

No Brasil redes de supermercados estão reforçando seus times para manter o abastecimento de suas unidades, agregando novos turnos para reposição de produtos.

O principal ponto é que os consumidores vão priorizar daqui para frente as compras pela internet. Tanto pela praticidade, quanto para evitar a transmissão do Covid-19. Portanto, a logística é muito importante para as vendas on-line e outros negócios remotos.

A Amazon, por exemplo, apostou na contratação de 100 mil novos funcionários nos Estados Unidos para fortalecer a empresa e cumprir os prazos!

Criação de apps (Aplicativos)

O Brasil e algumas instituições, a exemplo da China, estão lançando aplicativos para monitorar e informar sobre o Covid-19.

É possível analisar no contexto atual, o aumento do número de aplicativos para os mais diversos segmentos, principalmente para a venda de produtos. Com a intensificação do tempo de uso de smartphones, a busca por profissionais que possam desenvolver os mais diversos tipos de apps aparece em estado de urgência!

Alimentação

Quem atende por delivery, tem a chance de contemplar uma demanda maior por comida para consumir em casa. Assim, o setor de alimentação é muito atrativo neste momento.

“Comer fora” sempre foi muito relevante, principalmente nos grandes centros. Agora, mesmo trabalhando em casa, muitos continuam com o hábito de pedir comida.

Cursos e conteúdo online

É de se imaginar que, com mais pessoas em casa, a demanda por cursos e capacitações oferecidas digitalmente também cresceria.

Realmente a tendência traz oportunidades para quem tem alguma habilidade que pode ser ensinada – como idiomas, instrumentos musicais ou gastronomia. As aulas podem ser oferecidas por videoconferência ou gravadas em forma de curso. Outra possibilidade é disponibilizar aulas de reforço a crianças e adolescentes que estão estudando em casa, em homeschooling.

E você conhece mais alguma área ou profissão que esteja em alta? Compartilhe conosco nos comentários 😉

Naila Galera
Naila Galera

Equipe de Conteúdo

Graduanda no curso de Bacharel em Marketing é responsável pela área de criação de conteúdo, desenvolve campanhas de inbound e marketing digital juntamente com a equipe da agência desenvolvendo textos de Redes Sociais, Blogs e Sites para grandes clientes.